Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Morre segundo policial do Bope baleado em operação na Maré

Rafael Wolfgramm Dias foi atingido no abdômen na última terça-feira durante operação no Conjunto de Favelas da Maré.
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (17), morreu o policial militar Rafael Wolfgramm Dias, lotado no Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Ele foi baleado no abdômen na última terça-feira (11), durante uma operação no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. O policial ficou seis dias internado no Hospital Federal de Bonsucesso.

De acordo com colegas de Rafael, os órgãos vitais de Wolfgramm foram comprometidos pelo tiro. Durante o tempo em que ele ficou internado, parentes e amigos fizeram uma campanha pedindo doação de sangue. Neste domingo, a esposa do policial postou em uma rede social uma convocação para um clamor pelo marido.

Wolfgramm foi o segundo agente morto na operação. A outra vítima foi o também sargento do BOPE Jorge Henrique Galdino Cruz. Um terceiro agente do batalhão que estava com eles ficou levemente ferido. Cinco pessoas morreram na ação, de acordo com a PM.

Saiba mais:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]