Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Terça-feira (11) começa com operação na Maré e deixa um PM morto e outro ferido

Moradores relatam tiros e a presença de blindados desde as 5 da manhã.
Foto: Reprodução

A Polícia Militar do Rio de Janeiro abriu esta terça feira (11) de junho com uma operação no Conjunto de Favelas da Maré, Zona Norte do Rio. De acordo com moradores, há registro de intenso tiroteio na região desde as 5 da manhã.

Segundo informações da PMERJ, dois policiais foram feridos e socorridos no Hospital Federal de Bonsucesso, um veio a óbito e o outro está em cirurgia.

De acordo com o Instituto Fogo Cruzado, tiros são ouvidos na Vila do João e na Vila dos Pinheiros, desde a madrugada. Nas redes sociais, moradores registraram ainda a presença de blindados da PM nas comunidades.

Outras operações policiais estão acontecendo também no Morro do Urubu, Serrinha, São José da Pedra, Patotinha, Dendezinho, Visconde de Sabóia, Primavera, Tinta, Quitungo e Guaporé, todas localizadas na Zona Norte da cidade.

Vias Interditadas

De acordo com a CET-Rio, o trânsito chegou a ser interditado temporariamente na Linha Vermelha, no sentido Centro, devido à uma ocorrência policial na via, porém a via já se encontra liberada.

Já na Avenida Brasil, a pista lateral na altura da Fiocruz Manguinhos segue interditada e central parcialmente liberada no sentido Zona Oeste. As equipes do Corpo de Bombeiros, CET-Rio e Polícia Militar seguem no local e há congestionamento no trecho.

Clínicas e escolas fechadas

Em nota, a Secretaria Municipal de Nota Saúde (SMS) informou que a Clínica da Família (CF) Mestre Molequinho do Império, na região de Madureira, as CFs Augusto Boal e Adib Jatene e o CMS Vila do João, na Maré acionaram o protocolo de acesso mais seguro e, para segurança de profissionais e usuários, suspenderam o funcionamento na manhã desta terça-feira. A CF Jeremias Moares da Silva, na Maré, mantém o atendimento à população. Apenas as atividades externas realizadas no território, estão suspensas.

Já a Secretaria Municipal de Educação (SME) informou que, na região de Madureira, quatro unidades escolares foram impactadas e na Maré, 37 escolas precisaram fechar as portas nessa manhã. A Secretaria de Estado de Educação informou que, até o momento, duas escolas precisaram ser fechadas na região da Maré, afetando aproximadamente 900 estudantes no turno da manhã.

Ônibus queimado na Avenida Brasil em represaria. Foto: Renato Moura / Voz das Comunidades

Alerta Fiocruz Manguinhos

Em represaria a essas operações, um ônibus foi incendiado na avenida Brasil, na altura da Fiocruz Manguinhos. Em nota, a Fiocruz emitiu um alerta. “A orientação para trabalhadores e demais frequentadores que estiverem presentes é permanecer nas dependências do Campos Maré. No momento, não é recomendada a entrada, nem a saída. Todos devem evitar a circulação pela Avenida Brasil”, informou a Fundação.

A operação segue em andamento.

**Matéria em Atualização**

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]