Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Experiências comunitárias de enfrentamento à Covid-19 são tema de live nesta sexta (10)

Evento contará com transmissão ao vivo pelo Youtube e reunirá nomes de destaque no cenário comunitário contra a Covid-19
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Amanhã, às 10h, o canal Cidades em Movimento trará um debate virtual sobre experiências comunitárias de enfrentamento à Covid-19. Além disso, haverá o lançamento do Portal Radar Saúde Favela. Essa programação faz parte do Dia Estadual de Mobilização para o Enfrentamento da Covid-19 e seus impactos nas favelas e periferias, onde diversas atividades acontecerão simultaneamente no Estado do Rio de Janeiro.

Também nesta sexta, a Fiocruz, em parceria com a Alerj, promoverá um encontro entre autoridades e lideranças comunitárias no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), das 10h às 12h.

No evento online, estarão presentes como debatedores:

  • Lúcia Cabral, promotora legal popular, coordenadora da ONG Educap e moradora do Complexo do Alemão;
  • Fábio Monteiro, membro do Conselho Comunitário de Manguinhos, mobilizador na campanha Se Liga no Corona;
  • Day Medeiros, Coordenadora Geral do Instituto CASA, Favela do Aço e idealizadora da União Coletiva pela Zona Oeste;
  • Laura Torres, doula, vice-secretária da Associação Doulas Solidárias e idealizadora do Projeto Espaço Gaia, no Complexo do Salgueiro;
  • Paulo Roberto de Oliveira Ribeiro, designer e comunicador do Radar Saúde Favela;
  • Emerson Baré, do povo do Rio Negro e integrante do Radar Saúde Favela.
  • A mediação será realizada por André Lima, integrante da Cooperação Social da Fiocruz.

O debate terá transmissão pelo YouTube e começará pontualmente às 10h.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]