Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Barraca da Lulu: menina de 7 anos faz sucesso na internet com o seu primeiro negócio

Luíza teve uma reunião de negócios com a mãe para planejar seu pequeno empreendimento.

Luiza é o nome da pequena empreendedora de apenas 7 anos, moradora de Mesquita, na Baixada Fluminense, que há 2 dias inaugurou o seu primeiro empreendimento. Depois de uma “reunião de negócios” (palavras da Luíza) com a mãe Fernanda Alves, a menina decidiu que precisava ter sua própria empresa e que tinha a meta de conseguir 5 reais por dia para ajudar em casa

De forma bastante criativa, lúdica e com a intenção de somente incentivar a veia empreendedora da menina, que é de sangue, já que todos na família são empreendedores, a mãe aceitou a proposta e investiu no negócio da pequena, comprou alguns doces e montou uma barraquinha na porta de casa e deu o nome de “Barraca da Lulu”. 

https://www.instagram.com/tv/CAMeQHEgzJS/?igshid=1jtxzy6jkww8l

A mãe de Luiza só não esperava que a foto postada na sua rede social como forma de lembrança de uma brincadeira, fosse gerar tanta repercussão para a jovem empreendedora, fazendo com que sua filha ficasse conhecida por toda a sua habilidade de menina de negócios.

“Ela me chamou pra ter uma reunião de negócios e eu pedi para gravar. A Luiza já tinha tudo organizado na cabeça dela. A meta era conseguir 5 reais por dia para comprar as coisas em casa. Ela disse que também queria ter o dinheiro dela”, conta a mãe da menina.

A parte da contabilidade fica sobre responsabilidade da mãe e da vó da Luíza, que por conta da pandemia não ficou com a barraquinha do lado de fora da casa. “Colocamos a mesinha dentro da sala, quem quer comprar alguma coisa chama, a gente atende, recebe o dinheiro e dá o troco se precisar. É mais pra ela ver que ela tem o negócio dela.” conta Fernanda, que é mãe solo, empreendedora da @queenlance e estudante de cinema na UFRJ.

Luiza tem o exemplo de uma mãe batalhadora dentro de casa, apesar de algumas pessoas criticarem a postagem da empresária sobre a lojinha da filha. Ela é muito clara quando diz que incentiva muito Luiza com os estudos. Fernanda conta que foi mãe aos 16 anos e mesmo assim não deixou os estudos de lado, e que por diversas vezes precisou levar Luiza com ela para as aulas. Mesmo com todas as dificuldades, conseguiu entrar na faculdade e hoje faz parte da Escola de Comunicação da UFRJ. “Já fiz prova de faculdade à mão, 15 páginas por não ter computador”.

E pra quem quer conhecer essa pequena empreendedora é só segui-la no Instagram @itsluizaalves. Que seu futuro seja brilhante Lulu!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]