Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

VÍDEO: Projeto Cidades Invisíveis oferece oficina de yoga para moradores do Vidigal

Núcleo Bonsai atua há um ano na favela carioca e vem beneficiando a comunidade
Foto: Wando Silva / Voz das Comunidades
Foto: Wando Silva / Voz das Comunidades

O Bonsai, núcleo do Instituto Cidades Invisíveis no Vidigal, irá oferecer aulas de yoga para a comunidade a partir da próxima semana. O aulão inaugural será realizado na sexta-feira, 26, na sede do projeto.

Com diversas oficinas grátis, o Cidades Invisíveis chegou no Morro do Vidigal há um ano. Ainda durante o momento mais delicado de pandemia, o morador da favela carioca, Jefferson Brasil, o Jota, realizou uma parceria com o Istituto Cidades Invisíveis, instalando um núcleo do projeto sulista, no Rio de Janeiro.

O Bonsai já ajudou dezenas de moradores entregando cestas básicas, e hoje, oferece oficinas profissionalizantes e de lazer para a comunidade, como dança, custominzação de roupas, boxe… Além de aulas de reforço que estão com previsão para iniciar no mês de setembro.

Atualmente, eles estão com vagas abertas para a aula de yoga, e para se inscrever, basta ir até o local e preencher o formulário de inscrição. O ponto de referência do Bonsai no Vidigal, é “Rua 3, antigo restaurante Dois Irmãos”.

Assista matéria completa de Kelen Gladson sobre o projeto:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]