Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Projetos se unem para continuar ação que doa gás para mulheres no Morro da Providência

A meta inicial era alcançar pelo menos 100 mulheres, hoje a lista de espera tem 60 mulheres para a ajuda de R$ 100,00 para comprar gás
Patrick Mendes. Gás
Patrick Mendes. Gás

Foto: Patrick Mendes / Frente Maré

Os projetos SOS Providência e Rolé dos Faveladxs firmam parceria para dar continuidade à ação ”Um GÁS para as MULHERES da PROVIDÊNCIA”, que ajuda as moradoras com o valor de R$ 100,00 para comprar gás.

O Rolé dos Favelados quer continuar as doações de R$ 100,00 para 100 mulheres da primeira favela da cidade do Rio, o Morro da Providência. Moradores já têm recebido doações de água, cestas básicas, sabonete, álcool gel e máscaras. Porém, muitas mulheres ficam sem o gás para cozinhar, ou sem verduras, frutas, legumes e ovos, tendo em vista que nem todas conseguiram o auxílio emergencial.

Na primeira ação, o projeto arrecadou quase R$ 7.000,00, ajudando 66 mulheres. Por isso, a união dos dois projetos lançou a segunda campanha, para contribuir com pelo menos mais 60 mulheres.

A meta inicial era alcançar pelo menos 100 mulheres. Atualmente, existe uma lista de espera com 60 mulheres que precisam da ajuda de R$ 100,00 para comprar gás. 

Quem quiser e puder ajudar, basta doar qualquer valor aqui no link da vakinha.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]