Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Projeto Abraço Campeão do Alemão anuncia novo polo de atividades

O local será voltado para o esporte, mas também um polo educacional e tecnológico para a juventude da comunidade

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

O projeto social chega em 2021 com lutas ainda maiores. Em dezembro passado, através das redes sociais, esse noticiou a aquisição de um novo espaço. Com quase sete anos de existência, o Abraço Campeão atende centenas de crianças e jovens do Complexo do Alemão. Agora, pretende expandir suas atividades.

Após um 2020 com luvas um pouco de lado, para colocar máscaras e ajudar inúmeros moradores afetados pela pandemia, a chegada deste ano também é um divisor de águas. A aquisição do espaço se deu através de uma vakinha online feita durante o ano de 2020. O início das obras está previsto para o segundo semestre de 2021.

A construção da nova sede será mais do que um local voltado para o esporte, mas também um polo educacional e tecnológico para a juventude da comunidade.

Aos 32 anos, o professor de boxe, fundador e presidente do Abraço Campeão, Alan Duarte, conta entusiasmado sobre o futuro da instituição. “Um grande sonho de realizar essa construção é criar um impacto social no Complexo do Alemão para as crianças e jovens que fazem atividades esportivas no Abraço Campeão. O polo vai disponibilizar acesso à educação, tecnologia e empreendedorismo, preparando também para o mercado de trabalho. Através desse polo, o Abraço Campeão pretende fortalecer ainda mais seu objetivo de conectar esporte e educação. Eu acredito muito na juventude daqui, só precisam de uma oportunidade”.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]