Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Praças abandonadas no Complexo do Alemão impedem lazer e diversão das crianças

Moradores relatam que vêm sofrendo com o descaso dos espaços

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

As praças do Complexo do Alemão, que deveriam proporcionar diversão e lazer as crianças, tornaram-se motivo de preocupação. Moradores vêm sofrendo com o descanso dos espaços que estão abandonados. Os brinquedos estão sujos, quebrados e descuidados.

Em uma praça dentro do terreno da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão, brincar se tornou perigoso pela falta de conservação e manutenção dos equipamentos. “Vim pegar um remédio, minha filha veio brincar, mas não tem como brincar porque está tudo quebrado”, diz Ana Carolina, moradora das Palmeiras, no Complexo do Alemão.

Filha de Ana Carolina tenta brincar na praça, mas os brinquedos estão em situação precária. Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Assim também se encontra a praça dos Prédios da Itaóca. De acordo com moradores, o espaço está precário há mais de 6 anos. No Condomínio da Paz a situação se repete e a moradora Rosangela Regina faz um apelo:  “Prefeitura, por favor, mande alguém para socorrer as crianças. As crianças merecem ter o brinquedo direitinho, um parque de verdade para eles brincarem. Estamos desesperados por um parque de verdade”.

Rosangela Regina relata que o único espaço de lazer das crianças do Condomínio da Paz está abandonado. Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Resposta das autoridades

A Secretaria de Conservação informou que vai enviar uma equipe para realizar vistorias nas praças e fazer levantamento dos trabalhos necessários para programar os consertos. Dessa forma, se houver alguma demanda que pertença a outra secretaria, a equipe vai notificar o órgão para que também faça o serviço.

A Comlurb também afirmou que vai vistoriar as praças para verificar a dimensão dos serviços e depois programar a revitalização. De acordo com a companhia, a limpeza da Praça do Condomínio da Paz é realizada pelo próprio condomínio. A praça dos prédios da Itaóca é limpa às terças, quintas e sábados por agentes da Comlurb. Já na praça da UPA, a companhia de limpeza só executa o serviço de roçada.  

Confira a reportagem no vídeo abaixo:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]