Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Garoto e Garota da Favela: Confira o ensaio dos ganhadores do concurso do Vidigal

Eleitos pelo público por meio de votação no aplicativo do Voz das Comunidades, o ensaio fotográfico foi feito na própria comunidade
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Wellem Amanda e Jean Medina Silveira. Esses são os nomes dos ganhadores do concurso Garoto e Garota da Favela – Edição Vidiga – do Voz das Comunidades. A votação foi por meio do aplicativo do jornal e a dupla se destacou entre os candidatos. Com a vitória, ambos ganharam um ensaio fotográfico no Vidigal que teve a parceria da loja Freedom que vestiu os ganhadores.

Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

A Wellem Amanda tem 27 anos, é modelo comercial e trabalha com banho e tosa de pets. Com a experiência, a moça já tem intimidade com as câmeras e contou para nós que foi gratificante demais fazer o ensaio fotográfico. “Pra mim foi uma experiência muito bacana fazer esse ensaio na comunidade onde eu nasci, sendo referência para muitas pessoas.” Wellem contou que adorou a paisagem das fotos e disse que ainda pretende participar de novos concursos. “Pretendo participar de novos concursos também.”

Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Já o Jean Medina Silveira, estudante de 18 anos, teve sua primeira experiência com ensaio fotográfico graças ao concurso Garota e Garoto da Favela do Voz das Comunidades. Ele contou que fazer o ensaio foi uma experiência muito diferente. “Eu achei muito maneiro e pretendo fazer mais vezes!”. Ele também revelou que os bastidores chamaram sua atenção. “O que eu achei de mais legal foi a resenha, os bastidores.”

Confira fotos dos ganhadores:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]