Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Falta da faixa de pedestres no sinal da Nova Brasília dificulta travessia de moradores

No sinal em frente ao ponto do mototáxi da Nova Brasília, no Complexo do Alemão, não há faixa de pedestres e nem o semáforo funciona

Foto: William Santos / Voz das Comunidades

A faixa de pedestres é uma sinalização para garantir a segurança das pessoas durante a travessia, assim como o semáforo. Logo, a ausência da faixa pode dificultar o trânsito e provocar mais chances de acidentes.

O exemplo disso é o que vem acontecendo em frente ao mototáxi da Nova Brasília, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio. Pois, no sinal da Avenida Itaóca, na altura do número 1900, não há faixa de pedestres e o funcionamento do semáforo deixa a desejar.

“Não tem faixa e o sinal abre muito rápido, quando não está escangalhado. Fica difícil para as pessoas atravessarem. Num tempo desse aí a moto me pegou, veio por trás do ônibus e me jogou longe. Tem que melhorar isso aí”, desabafa o morador, Sérgio Ferreira.

Sérgio Ferreira já foi atropelado no sinal em frente ao mototáxi da Nova Brasília.
Foto: William Santos / Voz das Comunidades

No dia a dia, muitas pessoas passam pela via e o fluxo de carros também é intenso. Devido a faixa apagada, tanto motoristas quanto pedestres precisam de atenção redobrada na região. No entanto, segundo comerciantes e moradores locais, há motoristas que desrespeitam a sinalização. 

Comerciante local há 4 anos, José Viana afirma que já presenciou muitos acidentes e os idosos são os que mais sofrem. “Quando dá problema no sinal, para consertar é uma luta. Fora os acidentes que já tiveram aqui por causa dessa faixa. A dificuldade maior é para os idosos, as vezes a gente até ajuda atravessando com eles. Esse tempo todinho sem uma faixa de pedestre para o pessoal passar, os próprios motoristas não respeitam. Essa é a real situação aqui”, relata José.

José Viana tem uma barraca em frente ao sinal e afirma que a travessia se tornou perigosa. Foto: William Santos / Voz das Comunidades

A CET-RIO informou que realizou vistoria no local e a procedência da reclamação foi constatada. Ainda segundo a Companhia, o projeto da faixa para travessia de pedestres já foi encaminhado e a sinalização será revitalizada o mais breve possível no local.

Confira a reportagem completa a seguir:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]