Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Em ato de solidariedade, Philippe Coutinho doou cestas básicas à comunidade Barreira do Vasco

A distribuição foi realizada na terça-feira (20) em São Januário. O Complexo da Mangueira também foi incluído

Foto: Divulgação

Uma das quatro contratações mais caras no mundo do futebol, Philippe Coutinho faz questão de lembrar a sua gratidão às raízes cariocas. Revelado pela base do Club de Regatas Vasco da Gama, o jogador passou boa parte da sua adolescência e início da fase adulta treinando no estádio São Januário, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Convivendo diariamente com a realidade dos moradores do bairro ao lado, a comunidade Barreira do Vasco, Coutinho voltou a distribuir cestas básicas pela região. Além dessa, o Complexo da Mangueira também foi contemplado. No ano passado, o atleta do Barcelona (ESP) doou 20 toneladas de cestas básicas. Agora, nesta última terça-feira (20), foram cinco toneladas de alimentos e produtos de higiene para cuidados contra o coronavírus no bairro.

Philippe Coutinho doou cinco toneladas de cestas básicas à comunidade Barreira do Vasco e os funcionários agradeceram.
Foto: Reprodução

Em sua passagem pelo Vasco da Gama, que durou 11 anos, Philippe Coutinho colecionou destaques nas categorias de base da Seleção Brasileira e confirmou a sua venda para o Internazionale (ITA) antes de completar 18 anos de idade.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]