Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Confira o ensaio fotográfico dos ganhadores do concurso Garoto e Garota da Favela

As fotos, premiação do concurso, foram realizadas no Complexo do Alemão, no penúltimo sábado de julho (23)
Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades
Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades

Esse ano o concurso Garota e Garoto da Favela voltou com tudo! Sua primeira edição começou com o Complexo do Alemão, em que Bruno Moreira Machado e Vanessa Barroso, ambos de 26 anos, foram os escolhidos pelo voto popular. O ensaio fotográfico, premiação do concurso, foi realizado na favela em que moram, no penúltimo sábado de julho (23).

Bruno, que é estudante de jornalismo e estagiário de produção em audiovisual, comentou que gostou da proposta do ensaio. “Achei bem legal, exploramos mais a comunidade, conheci lugares que eu não conhecia, ali na regiao da Central, por exemplo. Foi divertido estar com a galera da produção e a propria fotógrafa! Eles conseguiram nos passar segurança de estarmos em lugares novos e fazendo fotos na rua, porque bate certa vergonha, né?!”, disse.

Vanessa, que trabalha com comércio, conta que adorou o ensaio feito pela Selma Souza. “A fotógrafa foi bem atenciosa e ajudou muito a gente nas poses. Procurou o melhor ângulo e a melhor iluminação”. E, po fim, completou. “Foi maravilhoso! A equipe toda foi esplêndida, pensou em todos os detalhes: maquiagem, look e local das fotos”.

Confira, abaixo, algumas fotos do Garoto e Garota da Favela:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]