Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Concurso Garoto e Garota da Favela abre inscrições para moradores do Vidigal; saiba mais

Edição do concurso no Vidigal vai até o dia 14 de agosto; Após o prazo, participantes passarão por uma votação popular no aplicativo do Voz das Comunidades
Os vencedores da edição Alemão Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades
Os vencedores da edição do CPX do Alemão de 2022 (Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)

As inscrições do Concurso Garoto e Garota da Favela abriram nesta segunda (8) para moradores do Vidigal. Os candidatos e candidatas que se inscreverem vão concorrer a um ensaio fotográfico. No entanto, para participar é preciso ter idade mínima de 14 anos. Se os vencedores forem menores de idade, os responsáveis devem autorizar a sessão de fotos, que será realizado na própria comunidade. 

As inscrições vão até o dia 14 de agosto e, para participar, é necessário enviar uma mensagem para o WhatsApp (21) 98312-5457. Até três fotos deverão ser enviadas e são proibidos fotos de biquini, sungas de praia ou roupas íntimas. Após o prazo de inscrição, os participantes passarão por uma votação popular, no aplicativo do Voz das Comunidades. 

Vencedores da edição do Alemão, que aconteceu em julho.
Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades

Raife Salles, um dos organizadores do concurso revela que “a expectativa é a melhor possível, sabendo que será um desafio bem maior, por não ser o território que dominamos. O desejo é que tenha um maior número de inscritos e que as pessoas se engajem tanto quanto se engajaram na edição do Alemão.”

A edição anterior foi realizada no Complexo do Alemão e os vencedores foram Bruno Moreira Machado e Vanessa Barroso. 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]