Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Comlurb inaugura ecoponto na favela da Mineira, em Catumbi, zona central do Rio

Central de separação de resíduos auxiliará na destinação para associações de reciclagem, garantindo renda para catadores
(Foto: Divulgação)

A Comlurb pôs em operação na manhã desta segunda-feira (15/08) o Ecoponto da Mineira, no Catumbi, zona central do Rio de Janeiro. Localizado na rua Van Erven, na altura do número 137, o ecoponto conta com uma caixa compactadora de resíduos orgânicos e duas caixas estacionárias para receber entulho e bens inservíveis, como móveis e eletrodomésticos.  

A iniciativa torna a operação da Comlurb ainda mais sustentável, contribuindo para um gerenciamento mais eficiente dos resíduos sólidos da cidade. A companhia tem incentivado cada vez mais que moradores façam a separação de resíduos potencialmente recicláveis em casa, tais como plástico, vidro, embalagens de papel, entre outros itens. Para garantir o destino correto, o espaço dispõe de ecobags exclusivas para receber materiais de forma determinada. Esses serão entregues a caminhões da coleta seletiva da Comlurb e encaminhado à cooperativas de catadores cadastradas.

Foto: Divulgação

Outros três ecopontos foram inaugurados este ano nas seguintes localidades: Vagão, em Realengo, Santo Amaro, no Catete, e em Madureira, embaixo do Viaduto Negrão de Lima.

A Comlurb está empenhada em reformar e implantar novos ecopontos em diversas regiões da cidade, sobretudo em áreas mais críticas de descarte irregular. Isso garante que locais antes degradados passem a contar com pontos ordenados de descarte. A previsão é que até o fim do ano eles finalizem mais de 20 ecopontos.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]