Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Bueiro sem tampa causa queda e ferimento de morador do Complexo do Alemão

Após o ocorrido, primeiros socorros foram feitos por motoristas locais, que o encaminharam à UPA DO Alemão
Foto: Reprodução / Redes Sociais
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Um dos impactos causados pelo descaso público com as comunidades cariocas está relacionado diretamente com a saúde física e psicológica de quem vive nesses territórios. Na terça-feira desta semana (26), por exemplo, essa condição precária causou um acidente no Complexo do Alemão, na região da Avenida Itaóca, próximo ao número 1535, em razão de um bueiro sem tampa.

Após o ocorrido, o morador foi socorrido por motoristas locais.
Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação

Em relato publicado na rede social por Rita Agostinho, a moradora denunciou que seu marido caiu em um bueiro na comunidade que estava sem tampa. Segundo ela, a queda se deu pela necessidade de desviar de um caminhão que estava indo em sua direção. Após o ocorrido, os primeiros socorros foram realizados por motoristas locais, que o encaminharam para a UPA DO Alemão.

A equipe de reportagem do Voz das Comunidades entrou em contato com Secretária de Conservação da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro para compreender o porquê das condições precárias na região. Em nota, a Secretaria de Conservação comunicou que enviará uma equipe ao local na sexta-feira, dia 29.

Confira o vídeo da moradora a seguir:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]