Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Secretário Nacional das Periferias, Guilherme Simões realiza encontro com favelas do Rio neste fim de semana

No domingo (2), haverá uma grande reunião aberta no Complexo do Alemão, onde será apresentado o 'PLANO DE AÇÃO POPULAR DO CPX' ao Secretário
Foto: Reprodução / Twitter
Foto: Reprodução / Twitter

O Secretário Nacional de Políticas para Territórios Periféricos, Guilherme Simões, irá visitar, entre sábado (1) e domingo (2), em algumas favelas da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A Secretaria, que faz parte do Ministério das Cidades, está realizando a Caravana das Periferias, programa em que a agenda consiste em fazer uma série de viagens às favelas e periferias de todo o país para construir um plano nacional específico para esses territórios.

No Rio, a agenda de visitas engloba localidades de várias zonas da Região Metropolitana. No sábado, o Secretário irá com sua equipe até a Rocinha, Morro da Providência e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Já no domingo, será a vez da favela do Chapéu-Mangueira, Cascadura, Complexos do Alemão e Maré, na Zona Norte do Rio. O município de Niterói também receberá a visita de Guilherme.

A visita que acontecerá no Complexo do Alemão será uma grande reunião aberta, com o objetivo de apresentar a Secretaria e a Caravana das Periferias para todas as associações de moradores, coletivos, movimentos, jornais comunitários, coletivos culturais e organizações de favela. 

Vale ressaltar que o Fórum Popular do CPX, formado por 20 organizações locais, incluindo o Voz das Comunidades, apresentará o PLANO DE AÇÃO POPULAR DO CPX – Agenda 2030, documento que contém as principais reivindicações para o desenvolvimento do Complexo do Alemão.

A reunião acontecerá às 18h, com todas as favelas reunidas, no Instituto Raízes em Movimento. O endereço é na Avenida Central, número 68, no Complexo do Alemão.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]