Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Projeto que capacita jovens de baixa renda para o mercado de trabalho abre 6 mil vagas; confira

Instituto PROA está com nova turma para janeiro de 2023, com inscrições até dezembro
Foto: Marcelo Gigante
Foto: Marcelo Gigante

O Instituto PROA está com 6 mil vagas para jovens de baixa renda do Rio de Janeiro. Com o objetivo de conectar estes jovens ao mercado de trabalho em 2023, o projeto que os desenvolve pessoal e profissionalmente abrirá nova turma em janeiro. As inscrições vão até o dia 12 de dezembro de 2022 e podem participar moradores do Estado do Rio com idade entre 17 e 22 anos que estejam cursando ou tenham concluído o 3º ano do Ensino Médio em escola pública. São 6 mil vagas.

Os alunos terão acesso gratuito a 100 horas de aulas com orientação e apoio de tutores em encontros semanais ao vivo, às quartas ou quintas-feiras, no melhor horário para o aluno. Para aqueles que preferem estudar presencialmente, há um espaço do Instituto PROA e P&G exclusivo, onde podem utilizar computadores para realizar as atividades da Plataforma e tirar dúvidas direto com um monitor. A sala fica na Biblioteca Parque Estadual, no Centro do Rio, e conta com 20 computadores, com acesso à internet. A sala funciona de segunda a sexta, das 10h às 17h.

Para mais informações e/ou para se inscrever, acesse o site:https://www.proa.org.br/

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]