Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Passinho Carioca faz vaquinha para bailarinos das favelas do Rio que foram afetados pela crise do coronavírus

Passinho Carioca lança campanha na Benfeitoria para tentar minimizar os impactos econômicos da Covid-19
Passinho Carioca

Campanha da Passinho Carioca vai ajudar jovens por três meses

A pandemia do novo coronavírus atingiu em cheio a classe artística. Isso porque as medidas de distanciamento social impedem aglomerações em espaços como casas de festas, teatros e outros equipamentos culturais, trazendo prejuízos para artistas. Para tentar minimizar impactos econômicos da Covid-19, a Companhia de Arte Passinho Carioca lançou campanha no site de financiamento coletivo Benfeitoria e já arrecadou R$ 30 mil para oferecer ajuda de custo mensal aos bailarinos do projeto. 

A campanha pretende ajudar 24 jovens de diversas favelas do Rio, como Penha, Maré, Parada de Lucas, Cidade Alta, Duque de Caxias, Campinho e Praça Seca. A companhia, que surgiu em 2015, tem o funk e a dança afro como modalidade de trabalho e linguagem para alcançar a juventude de favela.

Com a agenda de shows suspensa por causa da pandemia, as dificuldades começaram a aparecer para os bailarinos. Thiago de Paula, que é morador da Penha e idealizador do Passinho Carioca, diz que ter esse recurso é para garantir que esses jovens valorizem a arte que produzem e não desistam. “A gente quer garantir que ele possa ajudar em casa, comprar um gás, pagar uma conta atrasada”, diz.

A Benfeitoria lançou o Fundo Enfrente, uma campanha solidária para arrecadação e distribuição de recursos para iniciativas que atuem na linha de frente para minimizar os impactos da Covid-19. O Passinho Carioca é uma das beneficiárias. A cada doação de R$ 1,00, o site doa R$ 2,00, ou seja, triplica a doação. “A classe artística é a que mais vai sofrer para o retorno nesse novo normal”, afirma o diretor do projeto.

A campanha de de financiamento coletivo do Passinho Carioca fica disponível até o dia 11 de junho. Para doar, você pode acessar o link https://benfeitoria.com/passinhocarioca.

O Passinho Carioca disponibilizou no youtube o espetáculo Resistência, que contou com a direção de Thiago de Paula e co-direção de Lyu Arison, e claro, com a participação de todos os integrantes.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]