Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Nego do Borel anuncia live para ajudar favelas da Tijuca

O cantor Nego do Borel anunciou uma live beneficente para o dia 03 de junho, às 16h, no seu canal oficial no Youtube. O projeto, chamado de “#NegoNoBorel”, tem o propósito de arrecadar fundos e doações para as comunidades da Tijuca: Formiga, Salgueiro, Turano, Catrambi, Casa Branca e Chácara do céu e Borel, local em que o funkeiro nasceu e que servirá de cenário para a apresentação.

A apresentação acontecerá no alto do Ciep Doutor Antoine Magarino Torres Filho, posicionado na entrada principal do morro do Borel, sem público e seguindo os protocolos de saúde pública da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, os moradores da comunidade terão participação efetiva no show: estenderão bandeiras e faixas em suas janelas em homenagem a todas as vítimas do Covid-19. Nego perdeu, no final de abril, o tio João Viana, vítima do vírus.

Diante de tudo o que estamos vivendo no Brasil e no mundo, o desejo é estar perto da melhor forma possível. Estaremos todos juntos, mas desta vez minha comunidade estará toda dentro de suas casas, seguros, que é o que importa. Eu também estarei lá, mas desta vez num formato diferente, mas ainda assim bem perto da minha comunidade que está tão carente e precisando tanto de ajuda. Este é momento de nos unirmos por um bem muito maior, que é o coletivo”, pontua Nego do Borel, acrescentando que toda a estrutura será montada com equipe reduzida.

Covid-19: Favelas registram mais de 1.000 casos; mortes chegam a 254

O cantor, elogiado pelo repertório voltado para todas as idades, incluirá alguns dos seus principais sucessos, mesclando com clássicos do funk que marcaram a história do movimento no Brasil. A live contará com participações especiais de artistas como DJ Gabriel do Borel, Willian e Duda, além da cantora gospel Sarah Beatriz.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]