Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Projeto social do Complexo do Alemão oferece oficina de jongo gratuitamente; saiba mais

A oficina acontece há 4 anos, toda quarta-feira, a partir das 20h, no Centro Oca dos Curumins
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Centro Oca dos Curumins, projeto social do Complexo do Alemão popularmente conhecido como escolinha da Tia Bete, está aceitando inscrições para a oficina de jongo, que acontece toda quarta-feira, a partir das 20h. A oficina, que acontece em parceria com o Afrolaje – grupo com anos de experiência no ensino da dança ancestral – pode ser feita por qualquer pessoa acima de 7 anos de idade.

O jongo é um ritmo que teve suas origens na região africana do Congo-Angola e faz parte da cultura afrobrasileira. De acordo com a Tia Bete, fundadora da Oca, o objetivo da oficina, que já acontece há 4 anos, é valorizar a cultura negra. “Jongo é o pai do samba com passos como o ‘amassa café’ que deram origem e inspiraram ao samba como conhecemos hoje”, explica Tia Bete.

Como se inscrever

Aos interessados em participar, basta realizar a inscrição presencialmente no seguinte endereço: Estrada do Itararé, 480 Fundos Travessa São José, 13, Complexo do Alemão.

Para mais informações: (21) 988541893 – Tia Bete.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]