Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ocupação Noite das Estrelas chega a sua última apresentação no CPX da Maré neste domingo(9)

Atingindo um público de mais de 500 pessoas a cada domingo, o conjunto de favelas da Maré é palco da “Ocupação Noite das Estrelas”
Foto: Ratao Diniz
Foto: Ratao Diniz

A Noite das Estrelas está chegando a sua última apresentação e promete trazer à tona memórias emocionantes, coloridas e representativas dos antigos shows LGBTQIAP+ das décadas de 1980 e 1990. Este é o objetivo da Ocupação Noite das Estrelas, que terá sua última apresentação neste domingo, dia 9. A Maré, famoso complexo de favelas no Rio de Janeiro, servirá como palco para esta vibrante ocupação artística que visa celebrar a diversidade e a inclusão.

Esta ocupação, que tem movimentado as ruas da Maré e diversas instituições parceiras, contou com uma série de eventos como exposições, impressos, exibições de filmes e várias outras atrações que engajaram e encantaram o público.

Os shows “Noite das Estrelas” têm suas raízes fincadas na história da Maré. Eles nasceram da convivência e das festividades da comunidade LGBTQIAP+ de décadas atrás e persistem até hoje. A iniciativa visa honrar esta memória e celebrar este movimento através de várias formas de expressão: oralidade, escrita, performance, dança, teatro, audiovisual e outras tecnologias.

Foto: Gabi Lino

O projeto, idealizado pela Entidade Maré, pretende não apenas celebrar, mas também expandir a pluralidade de discursos e a representatividade na produção de conhecimentos não neutros. Além disso, a Noite das Estrelas é uma expressão estética, artística, cultural, urbana e contemporânea carioca.

Durante o projeto, foi realizado um mapeamento das potencialidades, o que resultou em uma viagem itinerante pelas ruas da Maré, finalizando seu percurso na Quadra da Escola de Samba Gato de Bonsucesso.

A última apresentação do evento será neste domingo, 9 de julho, com início previsto para as 16:30. O ponto de partida será no ponto de mototáxi da Teixeira Ribeiro, esquina com a Av. Brasil – Passarela 9. A entrada é gratuita e a duração estimada é de duas horas.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]