Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Franquia de donuts no Vidigal faz sucesso entre os moradores: “Não preciso mais ir ao shopping”

Inaugurado pelas amigas Nilce Maria e Sandra Regina, o negócio foi tão bem recebido que já há planos de expansão para outras favelas
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Ao descer o Morro do Vidigal, chama a atenção um trailer rosa em frente à praça da comunidade. É o “Meu Donut Gourmet”, franquia comprada pelas amigas e comadres Nilce Maria e Sandra Regina, ambas de 41 anos. As duas são crias do bairro de Magalhães Bastos, na Zona Norte do Rio, mas descobriram uma demanda na favela da Zona Sul: um “docinho” diferente dos que já existiam na região. O negócio foi inaugurado em 1 de outubro e tem sido tão bem recebido pela clientela que já há planos de delivery por toda a Zona Sul e expansão para outras favelas. 

Elas relembram que conheceram o negócio de donuts quando foram à Penedo, no interior do Estado do Rio de Janeiro, em abril deste ano. Logo em julho, decidiram abrir uma franquia em Carmo, também no interior do estado, onde o esposo de Sandra, o Michel Lima, nasceu. “Lá tinha uma praça central que não tinha atrativos e isso aqui [o trailer] chama muita criança, né?”, comenta Nilce. “A gente conheceu a cidade e gostou. Inauguramos dia 2 de julho”, pontuou Sandra Regina.

Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades
Da esquerda para a direita, Sandra Regina e Nilce Maria
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Apesar de ter nascido em Carmo, o marido de Sandra é cria do Vidigal, então ela já conhecia a comunidade. Diante disso, perceberam que os moradores queriam uma novidade. Quando inauguraram, surgiu outro ponto: a satisfação dos clientes de verem um negócio, que, a princípio, só existe em shopping, abrindo na favela.

“Várias pessoas já falaram: ‘ah, não preciso mais ir até o shopping’. Inclusive, já querem que a gente leve para a Rocinha. Moradores de Laranjeiras já mandaram mensagem para saber se fazemos entregas lá. Sem contar o pessoal que mora lá em cima do Vidigal, e tem dificuldade em descer. Vamos ter que aderir ao delivery o quanto antes”, afirma Sandra. 

Sobre o rumo do novo negócio, Nilce ressalta que está bastante otimista. “O resultado e o movimento foi muito satisfatório. Fora a comunidade elogiando né? Porque todo mundo está elogiando nos comentários. Então está sendo gratificante!”, comemora ela.

Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Cardápio

As opções do cardápio vão desde donuts clássicos a donuts com sorvete. Na verdade, são mais de vinte formas de saborear o que também podemos chamar de rosquinha. Os preços variam entre R$ 10 e R$ 20. Para saber mais, basta acessar o Instagram (https://www.instagram.com/meudonutgourmet.vidigal/).

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]