Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Confira onde curtir as festas ‘julinas’ nas favelas do Rio

Eventos vão da Zona Oeste à Zona Sul com comidas típicas, músicas e muita diversão
Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades

No Rio de Janeiro, principalmente nas favelas tem uma variedade de festas juninas produzidas para alegrar a comunidade, as famílias e as crianças. E a gente sabe que essas festas atravessam não só o mês de junho, como também julho e até agosto. Não é difícil ver alguém organizando uma festa “agostina”. Mas a diversão é sempre garantida e a tradição de retomar às ruas com a celebração nordestino toma conta de todos. A maioria das festas são ao ar livre ou em espaços públicos, garantindo que todos participem. Então preparamos um roteiro de festas julinas de rua para você não ficar de fora.

Zona Norte

Arraiá A Roça é Nossa, na Quadra da Unidos de Manguinhos, Zona Norte do Rio de Janeiro. Serão 2 dias de festejo, começa sábado, no dia 6, às 18h e termina no domingo, no dia, 7.  O evento garante ser o melhor festival de quadrilhas. O endereço é na Avenida dos Democráticos, nº 32, Quadra da Unidos de Manguinhos, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Tem também o Arraiá Caps III João Ferreira. O evento é uma festa colaborativa e a entrada é um prato típico. O evento promete ser dos bons!! A comunidade espera a família toda, na quinta-feira (11/07), às 15h. O endereço é na Estrada do Itararé, nº 921, Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Vai ter também o Arraiá do Espaço Laser, na Comunidade da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro. Serão 6 dias de festas, começando no dia e terminando só 14 de julho, às 19h. E acha que para por aí? O Arraiá recomeça dia 19 e vai até 21 de julho, fechando os trabalhos às 19h. A programação está imperdível com barracas típicas, apresentações de quadrilhas, atrações musicais e Djs. O endereço é Avenida BRG Trompowski, nº 580, em frente ao BRT da Estação Maré, Ramos, Zona Norte do Rio de Janeiro. É proibida a entrada com bebidas na festa.

A Arena Cultural João Bosco, em Vista Alegre, Zona Norte.ç do Rio, também está com uma programação pros festejos julinos. A festa está cheia de atrações, estarão presentes Trio de Forró Os Três Nordestinos, Quadrilha Nazaré Show, Cordel de Pedra do Reino, DJ Clóvis, barracas de comidas típicas, correio elegante e brincadeiras. Tudo isso e muito mais, no dia 12, 13 e 14 de julho às 18hrs. O endereço é na Av. São Félix, 601 – Vista Alegre, Rio de Janeiro – RJ.

Na Areninha Cultural Hebert Vianna, na Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro, o arraiá terá programação exclusivas para os pequenos nos dias 12 a 14 de julho, no horário de 15h30 até 18h30 com distribuição de brindes e comidas e com muita brincadeira. A partir das 19h, tem atrações pra cantar e dançar junto, com a Quadrilha do Forrozão Junino, Forró do Sábia e os Três Forrozeiros, Dj Thygga e muito mais. O evento contará com barracas de comidas típicas, correio elegante e brincadeiras. O endereço é R. Evanildo Alves, s/nº – Maré, Rio de Janeiro.

Zona Oeste

Arraiá do Cordão da Bola Laranja promete parar Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Anota aí! Dia 13 de julho às 17h, terá quadrilhas, forró, comidas típicas e brincadeiras, no endereço Rua Jerônimo Barbalho s/n – praça – Campo Grande.

Zona Sul

Arraiá do Vidigal vai agitar a favela do Vidigal, Zona Sul do Rio de Janeiro. Serão 6 dias de muita festa, do dia 5 a 7 de julho e também, do dia 12 a 14 de julho, sempre começando às 17h. Nesta sexta-feira (5), o arraiá estará montado com programação cheia de brincadeiras típicas, apresentações de quadrilha, banda de forró, DJs e barracas típicas de festa junina no endereço Campo do Vidigal, Vidigal, Rio de Janeiro.

E, por fim e não menos importante, tem Arraiá da Harmonia, na Quadra dos Acadêmicos da Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro. A festa promete balançar a comunidade no dia 12 de julho, às 19h com música ao vivo, forró e muita comida típica. O endereço é na Quadra da Rocinha, Rua Bertha Lutzs nº 80, São Conrado, Rio de Janeiro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]