Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Com o boné ‘CPX’, Rainha de Bateria da Imperatriz é coroada na quadra da escola

O evento ainda teve show de Marquinhos Sensação

A estudante de comunicação na UFRJ, moradora do Cpx do Alemão, a mais jovem rainha de bateria da história da Imperatriz Leopoldinense, Maria Mária, de 20 anos, foi coroada na noite de sexta-feira (09), na quadra da escola, no Morro da Baiana.

Não consigo esconder o quanto estou esperando por este momento. A alegria de ser uma mulher preta, favelada, universitária de uma faculdade federal e do CPX que carrega a gana e a vontade de representar tudo que a escola merece – afirma Mariá.

A coroa foi com um boné do CPX com as cores da escola de samba.

A Maria foi coroada pela Raissa de Oliveira, rainha de bateria da Beija-Flor de Nilópolis e Evelyn Bastos, rainha da Mangueira.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]