Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

“Cidade de Deus: A luta não para” inspirada no filme, nova série mostra como estão os personagens 20 anos depois; assista

Vídeo é uma prévia da série que estreia de agosto
Foto: HBO Max / Divulgação

Na última quinta-feira (27), o vídeo da série “Cidade de Deus: A luta não para” começou a rodar nas redes sociais, chamando atenção de geral para sua estreia em agosto deste ano. A série é original da HBO e vai dar continuidade aos acontecimentos do filme Cidade de Deus, de 2002.

A história vai ser dividida em seis episódios, mostrando os protagonistas duas décadas depois do clássico, com cenas ambientadas nos anos 2000. Além disso, novas histórias estarão combinadas aos trechos do filme em flashbacks, para resgatar as memórias e sentimentos dos personagens. O conjunto da obra vai explorar a resistência da favela frente as disputas de poderes dos grupos armados, policiais e milícias na CDD.

Uns dos principais personagem no longa, “o Buscapé”, aparece no início do vídeo apresentando outros personagens. Além disso, fazem parte do elenco, Thiago Martins e Andréia Horta.

Veja vídeo:

O elenco é composto por nomes como Alexandre Rodrigues, Thiago Martins, Roberta Rodrigues, Sabrina Rosa, Kiko Marques e Marcos Palmeira, além de novos talentos vindos de comunidades cariocas como Cidade de Deus, Mangueira e Vidigal.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]