Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

#Artigo19: Voz das Comunidades encerra participação com podcast sobre do período eleitoral

O jornal comunitário falou sobre temas distintos diretamente relacionados ao período eleitoral
(Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)

Participando das atividades de parceria do Artigo 19 + Perifa Connection, o Voz das Comunidades realizou um trabalho de cobertura das eleições. Optando pelo formato podcast, o jornal falou sobre temas distintos diretamente relacionados ao período eleitoral.

No primeiro tema (Eleições e Pessoas com deficiência), o Voz entrevistou Eduardo Victor, cria da Cidade de Deus, que tem paralisia cerebral. Ele falou sobre questões de acessibilidade para ele no período eleitoral, principalmente em relação à propostas e candidatos.

Os jovens nas eleições foi o tema tratado pelo segundo podcast. Graças à campanhas de emissão do título eleitoral, muitos jovens aderiram foram às urnas em 2022 escolher os seus representantes.

No terceiro podcast, Rafael Costa e Thayná de Souza, jornalistas do Voz das Comunidades, realizaram um bate papo sobre o período eleitoral. Em um podcast mais fluído, ambos comentam sobre as suas experiências e impressões durante a cobertura eleitoral. O podcast também conta com a participação de Jonas Di Andrade, comunicador e coordenador do portal do Voz das Comunidades.

Confira na íntegra:

Produção e participação: Jonas di Andrade, Rafael Costa e Thayná de Souza

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]