Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Menina de 5 anos do Complexo do Alemão luta contra um câncer no olho e precisa de ajuda para custear tratamento

A mãe de Esther criou uma campanha para levar a menina para sessões de radioterapia
Foto: Reprodução

A pequena Esther, de apenas 5 anos, enfrenta uma dura batalha contra um câncer no olho desde 2023. Diagnosticada com retinoblastoma, um tumor maligno que se desenvolve na retina, a menina necessita de um tratamento de radioterapia para vencer a doença.

O tratamento, apesar de ser gratuito no INCA (Instituto Nacional do Câncer), gera custos adicionais para a família de Esther. Para custear o transporte da menina para as 28 sessões de radioterapia, que serão realizadas de segunda a sexta-feira, a mãe de Esther, Cássia Martins, precisou parar de trabalhar e está contando com a ajuda da generosidade das pessoas através de uma vaquinha online.

“Como pago aluguel, tive que parar de trabalhar. Então resolvi fazer a vaquinha online para pedir ajuda para o transporte de aplicativo. Por semana será uma média de 400 reais. Fiz mais ou menos o cálculo até terminar as 28 sessões e fica no valor de 2.400”.

Superação de desafios e esperança na cura

Esther, que já está internada no hospital, teve que adiar o início da radioterapia devido a um quadro de pneumonia e COVID-19. Felizmente, a menina está se recuperando bem e logo poderá iniciar o tratamento. A mãe relata a jornada de Esther desde a descoberta da doença: “Percebi uma diferença no olho direito pois estava estrábico sendo que Esther nasceu perfeita. Depois de um tempo fui notando o olho saltitando para fora, como se alguma coisa estivesse empurrando.”

Cássia conta que Esther estava na escola quando a diretora a ligou dizendo que a menina estava reclamando de dor no olho e não queria participar das atividades. “Saí às pressas do trabalho e fui direto para o hospital Souza Aguiar. Lá, ela fez uma tomografia que detectou uma massa atrás do olho direito, e o médico nos encaminhou para o INCA.”

Como ajudar Esther:

Para ajudar a pequena Esther a vencer essa batalha, é possível contribuir com a vaquinha online através da chave Pix [email protected] ou pelo site do Vakinha: http://vaka.me/4512842?utm_campaign=whatsapp&utm_medium=website&utm_content=4512842&utm_source=social-shares. É possível colaborar diretamente para a chave da mãe de Esther, Cássia da Silva Martins Matta: c3070d44-df70-4988-9bd7-9a40a9eb4673.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]