Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Luneta na Laje: Moradores do Complexo da Penha observam a lua com astrônomos do Planetário do Rio

Evento foi idealizado pelo grupo de capoeira Corda Bamba, em parceria com a Associação de Moradores da comunidade
Foto: Ramildo Belizário
Foto: Ramildo Belizário

Cerca de 40 moradores das 4 Bicas, localidade do Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio, puderam ter pela primeira vez a experiência de observar a lua de um jeito diferente. O evento ‘Luneta na Laje’, que aconteceu nesta segunda-feira (6), foi idealizado pelo grupo de capoeira Corda Bamba, em parceria com a Associação de Moradores, que convidaram o Planetário do Rio, que levou um telescópio para a observação da Lua no alto do terraço da casa do Mestre Touro, fundador do grupo.

Com o tempo nublado, as nuvens quase esconderam a lua, mas o grupo de astrônomos do Planetário – Paulo Cezar, Jorge Marcelino e Luiz Guilherme – e os demais participantes contaram com a sorte e foi possível observar a lua e seus detalhes.

“Foi uma alegria ver a capoeira abrindo caminho para a ciência para as crianças da comunidade”, ressalta o Mestre Touro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]