Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Governo anuncia Cartão Recomeçar para famílias atingidas pela chuva; valor é de R$ 3 mil em parcela única

Anúncio foi feito por Thiago Pampolha, vice-governador do Rio de Janeiro, em entrevista à CNN, neste domingo (14)
Imagem: Divulgação

O Governo do Estado do Rio de Janeiro anunciou, neste domingo (14), que irá disponibilizar o Cartão Recomeçar no valor de R$ 3 mil, em parcela única, para as famílias que foram atingidas pelas fortes chuvas do último fim de semana. O pronunciamento foi feito pelo vice-governador Thiago Pampolha (MDB), durante as férias de Cláudio Castro, em entrevista à CNN Brasil – ele afirmou que o cadastro dessas famílias já está sendo feito. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, o processo ainda está em fase de assessoramento técnico aos municípios e levantamento do número para disponibilizar o benefício.

“Até o momento, as cidades do Rio de Janeiro, Duque de Caxias e Nova Iguaçu decretaram Situação de Emergência. Após essas medidas será possível apresentar quantitativo de pessoas e municípios atendidos”, declarou a secretaria. Enfatizou, também, que o Governo do Estado não poupará esforços para atender as cidades e a população fluminense.

Sobre o Recomeçar

O Cartão Recomeçar é um benefício eventual oferecido em parcela única pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. Ele é destinado à população que se encontra em vulnerabilidade após desastres naturais e oferece uma oportunidade de recomeço para as vítimas. O benefício é oferecido na forma de um cartão de débito em parcela única, no valor é de 3 mil reais, e permite a compra materiais de construção em geral, mobiliário residencial e eletrodomésticos (refrigeradores, freezer, condicionador de ar, lava-louças, lavadora de roupas, secadoras, fornos, etc.)

Para que o Estado forneça o benefício, o município precisa decretar calamidade pública ou emergência nível II ou III, a família precisa estar inscrita no Cadastro Único, ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar total de até três salários mínimos à época do ocorrido, comprovação de que o imóvel foi atingido e/ou os móveis danificados.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]