Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Desenrola Pequenos Negócios: Entenda como vai funcionar o programa

Através do programa, Governo Federal promete renegociar dívidas com descontos entres 40% e 90%
Foto: Divulgação

O Desenrola Pequenos Negócios é um programa do Governo Federal que oferece a oportunidade para microempreendedores individuais (MEIs), microempresas e empresas de pequeno porte renegociarem suas dívidas com instituições financeiras.

O objetivo é fortalecer o ambiente de negócios e impulsionar o crescimento econômico do país, reconhecendo a importância dos pequenos negócios para a geração de emprego e renda. Empresas com faturamento anual alto e dívidas inadimplentes há mais de 90 dias podem se beneficiar, independentemente do valor da dívida ou tempo de atraso. O programa oferece condições especiais de renegociação, com condições favoráveis à oferta de melhores descontos, prazos e juros. 

Ao facilitar a regularização financeira, o Desenrola Pequenos Negócios visa abrir portas para novas oportunidades de crédito, investimentos e expansão, contribuindo para a sustentabilidade e o crescimento dos pequenos negócios e, consequentemente, para o fortalecimento da economia como um todo.

Quem poderá se beneficiar?

MEIs, microempresas e EPPs com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões e dívidas em atraso há mais de 90 dias (a partir de 22 de abril de 2024) com instituições financeiras. 

Quando o programa irá começar?

Desde 13 de maio, os bancos realizam as renegociações com os clientes. O prazo para a realização das negociações é até 31 de dezembro de 2024.

Como será feita a negociação?

A negociação deve ser efetuada diretamente com os canais de atendimento das instituições financeiras. Após a renegociação, a aptidão para retomada de crédito é imediata.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]