Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Morador busca ajuda para recuperar carro atingido por tiros no Alemão; saiba como ajudar

A vaquinha criada pelo Luiz Fernando visa arrecadar recursos para o conserto do veículo que utiliza para trabalho
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na última semana, um morador da Alvorada teve o carro completamente destruído após as operações policiais que aconteceram no Complexo do Alemão. O veículo, que pertence a Luiz Fernando, foi atingido por inúmeros disparos de arma de fogo.

Atualmente, ele busca recursos para voltar a trabalhar, pois utilizava o carro para fazer entregas e encomendas, além de realizar transporte escolar. Luiz também ajudou diversas vezes àqueles que precisavam ir ao médico e não tinham como se locomover. 

Foto: Voz das Comunidades
Situação do carro após o ocorrido
Foto: Voz das Comunidades

Como ajudar

Uma vaquinha online está aberta e tem o intuito de arrecadar recursos para consertar o veículo. A família afirma não ter condições de arcar com todos os custos. “Ao chegar ao local, nos deparamos com nosso carro totalmente perfurado. Foi um sentimento de total impotência, sem acreditar no que estava acontecendo. Somos uma família de cinco pessoas e sem condições nenhuma no momento para fazer o reparo”.

O link para ajudar está a seguir (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/conserto-de-um-veiculo-de-trabalho). Outra forma de ajudar é fazer um Pix em nome de Kelly Cristina Fernandes. A chave é o celular (21 98557-6889) e conta no Banco Itaú. 

Confira o vídeo:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]