Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Voz 15 anos: jornal acompanhou projetos no Alemão hoje abandonados

Grandes espaços e projetos do Complexo do Alemão não funcionam mais, como Teleférico, Cine Carioca, Nave do Conhecimento e Biblioteca Parque
Complexo do Alemão. Foto: Renato Moura / Voz das Comunidades

O Voz das Comunidades existe, resiste e vem crescendo há quase duas décadas em prol dos moradores de favela. Mas, infelizmente, isto não se aplica a outros projetos que também nasceram no Complexo do Alemão e, um dia, proporcionaram benefícios aos moradores. Na série de reportagens Voz 15 anos, apresentamos projetos no Alemão hoje abandonados e que foram acompanhados pelo jornal comunitário.

Grandes espaços e projetos do Complexo do Alemão, reportados pelo Voz das Comunidades, não funcionam mais, como o Teleférico, Cine Carioca Nova Brasília, a Nave do Conhecimento e a Biblioteca Parque. O motivo para a maioria desses projetos estarem hoje abandonados é a falta de interesse em investimentos na favela. Além das dificuldades financeiras pela falta de repasses do poder público (prefeitura da cidade do Rio e governo do estado).

De portas fechadas

Um dos principais espaços desativados é o Teleférico do Alemão, que já foi ponto turístico e até cenário de novela. Há 9 anos, o objetivo era levar mobilidade para moradores. Em 2012, eram transportadas, em média, dez mil pessoas pelas estações Bonsucesso, Adeus, Baiana, Alemão, Itararé e Palmeiras. Acompanhamos o caso do Teleférico, que segue fechado há 4 anos, mas não tivemos respostas das autoridades quanto a uma possível reabertura.

Teleférico Foto: Bento Fabio
Teleférico do Alemão não funciona mais. Foto: Bento Fabio

Inaugurado em 2010, o Cine Carioca de Nova Brasília está fechado desde dezembro de 2019. Localizado na Praça do Terço, foi o primeiro cinema instalado em uma comunidade. O Cine Carioca possibilitava acesso a filmes em cartaz com preço popular dentro do Complexo do Alemão. O cinema chegou a ser reformado para uma possível reabertura em janeiro, que não aconteceu. Entramos em contato com a Riofilme, responsável pelo espaço, mas não tivemos retorno.

Cine carioca Nova Brasília fechado janeiro 2020. Foto: Vilma Ribeiro/Voz das Comunidades
Cine Carioca Nova Brasília, fechado também. Foto: Vilma Ribeiro/Voz das Comunidades

A Nave do Conhecimento, localizada ao lado do Cine Carioca Nova Brasília, foi inaugurada em 2012. O objetivo era oferecer lazer e tecnologia para moradores, com espaço infantil, salas de produção, oficinas, cursos e laboratórios. O espaço está fechado desde julho de 2019 e segue com promessas de reabertura. Entretanto, ainda não há informações de quando ou se voltará a funcionar.

Nave do Conhecimento. Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades
Nave do Conhecimento, também fechada. Foto: Vilma Ribeiro/Voz das Comunidades

Localizada na comunidade das Palmeiras, a Biblioteca Parque está de portas fechadas desde 2016. Na biblioteca, crianças e jovens do Complexo do Alemão tinham acesso à internet, computadores, livros e atividades. De acordo com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, ocorreram negociações de possíveis parcerias para a reabertura, porém, as conversas foram paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus.

Entrada da Biblioteca Parque, hoje fechada. Foto: Emelly Roberta/Voz das Comunidades

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]