Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

É VERDADE que nova carteira de identidade começou a ser emitida em todo o país

Nos últimos dias, tem circulado nas redes sociais uma notícia afirmando que a Carteira de Identidade Nacional (CIN) estaria sendo emitida em todos os estados do Brasil e que o

Imagem: Agencia Brasil

Nos últimos dias, tem circulado nas redes sociais uma notícia afirmando que a Carteira de Identidade Nacional (CIN) estaria sendo emitida em todos os estados do Brasil e que o número do Registro Geral (RG) não seria mais utilizado. De fato, é isso que está acontecendo. Mas vamos evitar desinformação!

É verdade que a CIN está sendo emitida em todos os Estados do Brasil, e o número do CPF (Cadastro Pessoa Física) está sendo adotado como o novo padrão de identificação. Essa mudança é parte de um esforço para unificar os documentos de identificação e facilitar a vida dos cidadãos.

No entanto, é importante ressaltar que o novo documento não precisa ser feito imediatamente. O modelo antigo do RG ainda é válido e continuará sendo aceito até o dia 28 de fevereiro de 2032. Portanto, os cidadãos não precisam se apressar para renovar seu documento de identidade se não desejarem.

Alguns estados já estavam emitindo a Carteira de Identidade Nacional antes dessa decisão se estender a todo o país. Agora, a emissão desse novo documento será realizada em todos os Estados brasileiros.

Além disso, é importante mencionar que a primeira via da CIN e a renovação do documento são gratuitas. Então, fique atento a possíveis golpes que podem ocorrer. No Rio de Janeiro, quem faz a emissão do documento é o Detran. Então, informe-se em postos oficiais do órgão.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]