Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

É MENTIRA que governo libera mais três milhões de vagas para auxilio Brasil através de link no WhatsApp

Quando o assunto é sobre material enganoso, um dos assuntos mais relacionados é sobre questões financeiras, pois são temas de super importância e necessidade para boa parte da população brasileira.

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Quando o assunto é sobre material enganoso, um dos assuntos mais relacionados é sobre questões financeiras, pois são temas de super importância e necessidade para boa parte da população brasileira. Inclusive, as que moram em regiões faveladas – que convivem com a vulnerabilidade social nesses territórios.

 E, na última semana, mais um conteúdo de desinformação e com foco em roubar dados pessoais das pessoas que entrassem no site compartilhado circulou nas redes sociais e nos grupos de conversas instantâneas: Governo abriu novas inscrições para o programa social Auxílio Brasil com parcelas de R$ 400 / mês por famíia. Contudo, a mensagem é FALSA

De acordo com o posicionamento do Ministério da Cidadania sobre o material compartilhado, a instituição reafirmou que o Governo Federal não convoca cidadãos para realizar inscrição no CadÚnico e não limita a quantidade de vagas em programas de assistência social. 

É importante ressaltar que, nos últimos meses, o crescimento de materiais falsos a respeito dos benefícios sociais realizados pelo Governo têm crescido – muito disso, em razão do aumento da crise financeira no país. Para evitar complicações e possíveis fraudes, o essencial é que o morador acesse o site oficial do governo e dos programas elaborados por ele. Assim, a chance de golpes é reduzida a zero. 

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]