É MENTIRA que Decreto 11.366, assinado por Lula, proíbe blindagem de carros

O Decreto 11.366 deu o que falar logo assim que foi assinado no primeiro dia da posse do presidente Lula. Como de costume, informações falsas foram rapidamente divulgadas dizendo que

É MENTIRA que Decreto 11.366, assinado por Lula, proíbe blindagem de carros

O Decreto 11.366 deu o que falar logo assim que foi assinado no primeiro dia da posse do presidente Lula. Como de costume, informações falsas foram rapidamente divulgadas dizendo que o decreto afetaria o setor de blindagem de carros, resultando na falência dessas empresas e desemprego dos funcionários. Então, a notícia de que a blindagem no Brasil está proibida é falsa. 

O Decreto, na verdade, é uma revogação do Artigo 7º do Decreto 10.030, editado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, que afrouxava as regras para o registro de pessoas físicas e jurídicas junto ao Exército. Entre os dispensados do “registro”, estavam os “proprietários de veículos automotores blindados”. E, por isso, passou a ser obrigatório ter o registro para blindar os carros. De acordo com a Entidade, o problema foi resolvido.

Segundo o Planalto, o decreto “suspende os registros para a aquisição e transferência de armas e de munições de uso restrito por caçadores, colecionadores, atiradores e particulares, restringe os quantitativos de aquisição de armas e de munições de uso permitido”.

Para acessar o Decreto 11.33/2023 completo, clique neste link: (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2023-2026/2023/decreto/D11366.htm)

Fonte: boatos.org

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]