Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

É FALSA mensagem que Vigilância Sanitária sugere o uso de cloro e sal nos ralos para eliminar mosquito da dengue

Com o aumento dos casos de dengue, é natural que as pessoas busquem formas de se proteger, mas é preciso ficar atento às fake news. Circula nas redes sociais uma

Foto: Reprodução

Com o aumento dos casos de dengue, é natural que as pessoas busquem formas de se proteger, mas é preciso ficar atento às fake news. Circula nas redes sociais uma mensagem falsa alegando que a Vigilância Sanitária recomendou o uso de cloro e sal nos ralos para combater a dengue. No entanto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou essa informação, destacando que não emitiu tal comunicado.

De acordo com o Ministério da Saúde, não há qualquer recomendação oficial sobre o uso de cloro para eliminar o Aedes aegypti. Especialistas alertam que essa prática pode não surtir o efeito desejado e, além disso, o uso inadequado de substâncias tóxicas pode representar riscos à saúde. A orientação correta envolve a manutenção de cuidados básicos, como manter caixas d’água fechadas, limpar calhas e aplicar telas nos ralos. Fique atento às informações oficiais e evite propagar notícias falsas.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]