Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Áudio informando a morte de duas pessoas por variante da Covid na UPA da Tijuca é FALSO

Nas últimas semanas do Rio de Janeiro, o tópico de saúde pública tem sido uma presença constante no cotidiano dos moradores, principalmente, nas comunidades cariocas. O crescimento de casos confirmados

Nas últimas semanas do Rio de Janeiro, o tópico de saúde pública tem sido uma presença constante no cotidiano dos moradores, principalmente, nas comunidades cariocas. O crescimento de casos confirmados da gripe Influenza A trouxe um receio e preocupação grande por parte da população da cidade. 

Em meio disso, a confirmação da chegada da variante do coronavírus no Brasil fez com que diversos materiais circulassem nas redes sociais e grupos de mensagens instantâneas conectando ambos conteúdos. Entre eles, um áudio que informava os óbitos pela Ômicron na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Tijuca. O conteúdo é FALSO e visa criar um cenário de confusão na rotina da população. 

Segundo a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, a mensagem é totalmente falsa e, de acordo com os dados da UPA da Tijuca, a última morte registrada por coronavírus na casa de saúde foi no dia 28 de setembro. Além disso, não houve confirmações de pessoas contaminadas com a variante na cidade. 

A transmissão de conteúdos falsos a respeito de qualquer assunto é extremamente grave. Tem muitas consequências e pode afetar a vida de alguém de diversas formas. Verifique as informações antes de compartilhar em grupos de família, amigos ou quaisquer outros.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]