Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Jovens do Complexo do Muquiço participam de intercâmbio esportivo nos Estados Unidos

Programa do Departamento de Estado dos EUA visa empoderar meninas através do futebol e flag football
Foto: Jessica Moreira / Consulado dos Estados Unidos

O Departamento de Estado dos EUA selecionou 15 jovens atletas brasileiras para um intercâmbio de duas semanas nos Estados Unidos, dentro do programa Sports Visitor Program – Empoderamento Feminino. A iniciativa tem como objetivo promover o desenvolvimento e o empoderamento de meninas por meio do esporte, especificamente futebol e flag football, uma modalidade similar ao pique-bandeirinha.

Entre as participantes, destacam-se as moradoras do Complexo do Muquiço, na Zona Oeste do Rio de Janeiro: Ranna, Eduarda Vitória (Duda) e Rafaely Cristina, todas com idades entre 15 e 18 anos. As jovens são integrantes de um grupo que inclui meninas dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal, todas residentes em áreas de vulnerabilidade social.

Do Complexo do Muquiço, Ranna é uma das meninas selecionadas para participar do programa de intercâmbio
Foto: Jessica Moreira / Consulado dos Estados Unidos

O programa, que cobre todas as despesas das participantes, proporcionará a essas adolescentes a oportunidade de aprimorar suas habilidades atléticas e participar de um intercâmbio cultural com meninas de diversos países, como Bangladesh, República Tcheca, Itália, Israel, Geórgia, Mauritânia, Níger, Taiwan, México e Angola. Durante as duas semanas, as jovens estarão envolvidas em um acampamento esportivo temático com treinamentos físicos, workshops e visitas locais. As atividades têm como objetivo aprimorar a compreensão das jovens sobre os Estados Unidos, desafiar estereótipos e promover o desenvolvimento social positivo, com foco especial na liderança feminina.

Além das atividades esportivas, o programa incluirá sessões sobre comunicação, oratória, trabalho em equipe e uma variedade de eventos culturais e esportivos, todos com tradução para o português para garantir a plena compreensão das participantes.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]