Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

VÍDEO: Orquestra Maré do Amanhã transforma a vida de jovens através da música clássica

O projeto sociocultural tem como objetivo profissionalizar jovens do Complexo do Maré e adjacências

Foto: Lucas Apostolo / Voz das Comunidades

A Orquestra Maré do Amanhã é um projeto sociocultural que começou em 2010 com objetivo de profissionalizar jovens do Complexo do Maré, na Zona Norte do Rio, e adjacências. Atualmente, 3.500 crianças e adolescentes fazem parte da iniciativa. Alguns desses alunos já tiveram a oportunidade de se apresentar nos palcos mais prestigiados do Rio de Janeiro e até mesmo participar de grandes eventos no exterior. 

Carlos Eduardo Prazeres, fundador da Orquestra Maré do Amanhã, conta que o projeto é uma extensão do que seu pai, Maestro Armando Prazeres, fazia nos anos 90. Ou seja, levar música clássica para as comunidades do Rio. No entanto, Armando não conseguiu dar continuidade, pois teve sua vida interrompida. O maestro foi sequestrado e encontrado morto nas proximidades do Complexo da Maré. “Da Maré acabaram com o trabalho, da Maré eu faço ele renascer”, afirma o idealizador.

Saiba mais sobre o projeto na reportagem completa abaixo ou acessando este link direto:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]