Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Saiba como foi F20, evento do Voz das Comunidades que pôs ‘a favela no debate global’

Todos os caminhos levaram ao alto do Vidigal
Foto: Igor Albuquerque / Voz das Comunidades

O F20 começou! O terceiro andar da Casa Voz Vidigal, Zona Sul do Rio de Janeiro, recebeu o grande evento que colocou a favela no debate global. O evento contou painéis que discutiram temas que serão encaminhados para a reunião de cúpula do G20 que acontecerá no Rio de Janeiro no mês de novembro.

No primeiro painel, com a mediação da Gabriela Santos – organizadora do F20, mediou a mesa composta por Rene Silva do Voz das Comunidades; Guilherme Simões atual secretário de Periferias e Thaiz Nascimento integrante do Grupo de Trabalho Y20 pelo G20. Eles falaram sobre a importância da população das favelas em também ser participante de pautas que movimentam a sociedade.

Foto: Igor Albuquerque / Voz das Comunidades

No segundo painel, intitulado Justiça Social: Construindo pontes com foco na redução da Pobreza e a fome, teve a mediação da jornalista da TV Globo Ana Paula Araújo. A mesa foi composta pela Regina Tchelly da Favela Orgânica; Ana Maria da Mulheres Sementeiras do Vidigal; David Hertz da Gastromotiva.

A intervenção artística ficou por conta dos MC’S e rappers da Batalha da Califórnia e Da.Síriaprod na laje da Casa Voz Vidigal, além disso, foi liberado o almoço para o público pela iniciativa da Gastromotiva.

Na parte da tarde, o terceiro painel debateu o tema: Qual o papel do G20 na promoção da redução de riscos de desastres nas Favelas? A mediadora foi a Dira Paes, atriz e ativista. A mesa contou com a presença de Brenda Vitória, favelada, educadora ambiental, pesquisadora e articuladora territorial; Aira Nascimento do Instituto As Josefinas; Valter Gomes do Instituto Gerando Falcões – Painelista; Sydnei Menezes – Presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ).

O painel 4, teve como tema “Justiça Climática nas favelas: Qual o nosso olhar com foco no G20?” O mediador foi Jonathan Azevedo, ator e cria do Vidigal. A mesa foi composta por Kayá, ativista Climática; Anna Sol, também ativista, multiartista e fundadora do Centro de Arte Solar; Daniel Diowo, Liderança da Comunidade Congolesa no Brasil.

O último painel com o nome “Desafios enfrentados pelas favelas no acesso à água, saneamento e higiene” Foi mediado por Erleyvaldo Bispo, um dos organizadores do F20, que dividiu mesa com Rejany Ferreira, da Rede de Saneamento, IFÁ Boiyé Ajagunnãn e Bender Arruda.

E para fechar o evento com chave de ouro, teve apresentação artística do Vidiga na Social.

Bateria da Vidiga na Social.
Foto: Igor Albuquerque/Voz das Comunidades

ISSO FOI APENAS O CONVITE PARA TODOS OS MORADORES DE FAVELA ABRAÇAREM O F20!
A Favela no Debate Global continuará com encontros ao longo do ano, então acompanhe o Voz das Comunidades para ficar por dentro da favela no debate global!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]