Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Favela Gastronômica: “Escolhi o esse prato porque o público gosta muito. Ele é muito bem aceito pelo público”, diz Vanessa Silva do Viva!Buffet

O Viva!Buffet é mais um dos empreendimentos participantes que estará no Favela Gastronômica
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

O Viva!Buffet é a empresa de Vanessa Silva, 36 anos e que participará do Favela Gastronômica no próximo final de semana. Iniciada em 2019, o Viva!Buffet tem como objetivo, como diz a bio no Instagram, “tornar seu sonho em realidade com dedicação, comprometimento e amor”.

Vanessa abriu o negócio logo depois da pandemia, quando ficou desempregada. Atualmente, a empresa atua em vários eventos como festas de aniversário. casamentos. Como prato principal para o Favela Gastronômica, Vanessa aposta no strogonoff que leva arroz, batata palha e frango com molho.

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Sobre a expectativa para a Feira Gastronômica, Vanessa acha que será uma grande oportunidade de adquirir conhecimento. “Vai ser a minha primeira vez. Estou muito ansiosa! Nem imaginava que seria selecionada para participar!”

Pra quem quiser saber um pouco mais sobre a Viva!Buffet, pode fazer uma visita no perfil do Instagram. Ou, melhor ainda, fazer uma visita presencial pra ela e pra outros empreendedores na Favela Gastronômica! O evento será nos dias 20 e 21 de janeiro, à partir das 11h da manhã, na Rua Engenheiro Manoel Segurado, no Complexo do Alemão!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]