Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Faetec abre mais de 300 vagas em CDD, CPX do Alemão, Rocinha e outras unidades

A Faetec tem 14 unidades pelo Rio de Janeiro e três delas são em favelas
Vagas abertas para cursos profissionalizantes. (Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)
Vagas abertas para cursos profissionalizantes. (Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) está com vagas abertas para o curso de Qualificação Profissional em Microempreendedor Individual – MEI. São 365 vagas disponíveis em 14 polos.

Três unidades da Faetec estão localizadas em Comunidades: uma é a unidade R. Paranhos, 127 – no CPX do Alemão, também na Rua Edgard Werneck, 1615 – Cidade de Deus, e na R. Bertha Lutz, 84 – Rocinha (CEDERJ)

As matrículas devem ser feitas diretamente na unidade de ensino pretendida, até o dia 13 de setembro. É preciso ter idade mínima de 18 anos, ter concluído os anos iniciais do Ensino Fundamental e ser beneficiário do Auxílio Brasil ou comprovar ser parente de algum beneficiário.

Pessoas cadastradas no CAD único também podem fazer a matrícula para o curso. O horário de funcionamento da Faetec do Alemão é de 7h às 22h.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]