Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

F20: Cerimônia de abertura conta com autoridades e personalidades de favelas

Evento tem como objetivo principal proporcionar uma plataforma para as favelas terem suas vozes ouvidas e ampliadas.
Foto: Igor Albuquerque / Voz das Comunidades

“A Favela no debate global”, essa foi a frase mais repetida durante a cerimônia de inauguração do F20, que aconteceu neste segunda-feira, dia 08, na Casa Voz Vidigal, na Zona Sul do Rio. O evento é um fórum formado como uma resposta crucial à realização do G20, um encontro que reúne as nações mais poderosas do mundo, incluindo a União Europeia e a União Africana, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Diversas autoridades e personalidades de favelas estiveram presente na cerimônia do evento, que foi pensado e organizado por Rene Silva, Gabriela Santos e Erleyvaldo Bispo, entre eles Salvino Oliveira (JuvRio), Patrik Correa (RioTour), Thaiz Nascimento (Y20) e Renata Souza (Deputada Estadual).

Para Renata Souza, deputada estadual do Rio de Janeiro e cria do conjunto de favelas da Maré, essa iniciativa obriga o poder público a olhar para as favelas e periferias de maneira mais concreta, pensando em políticas públicas mais imediatas, mas que tenha efeito a longo prazo. “É importantíssimo o protagonismo do Voz, da juventude de outras favelas, mas mais que isso, da articulação entre os poderes locais. É uma ação super importante que marca historicamente a relação da favela com o poder público”, conta a deputada.

Renata Souza esteve presente no evento. Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Durante o discurso de abertura, Rene Silva, fundador da ONG Voz das Comunidades e líder do F20, destacou que por mais que abertura tenha acontecido nesta segunda-feira, os encontros entre articuladores já está acontecendo há algumas semanas e que essas discussões vão acontecer no decorrer do ano para que se consiga entender e mapear as discussões que estão acontecendo dentro do G20 para assim, a favela consiga entender suas necessidades. “Quando começamos a pensar o F20, percebemos que os assuntos do G20 passam por assuntos que interessam a favela e mostram o quanto a favela é potência”.

O principal objetivo do F20 é proporcionar uma plataforma para as comunidades das favelas terem suas vozes ouvidas e suas preocupações abordadas no âmbito do G20. Isso é fundamental porque as questões enfrentadas por essas comunidades estão intrinsecamente ligadas aos desafios globais e à influência das políticas governamentais, sejam elas locais, regionais ou globais.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]