Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Expo Favela 2023 reúne parceiros e apoiadores no Rio

As inscrições para a primeira edição da Expo Favela Rio estão abertas
Coquetel reuniu empreendedores, investidores e convidados para celebrar a Expo Favela edição Rio. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)
Coquetel reuniu empreendedores, investidores e convidados para celebrar a Expo Favela edição Rio. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)

A Expo Favela, uma iniciativa que “conecta o asfalto com a favela”, acontecerá pela primeira vez no Rio de Janeiro em julho e a cidade das Artes já serviu palco da prévia do que será o evento. Na manhã desta segunda-feira (5) foi realizado um coquetel que recepcionou parceiros e apoiadores da Expo Favela 2023

Celso Athayde, idealizador do evento, reforçou que a Expo Favela é de extrema importância do financiamento para os empreendedores da favela. “Hoje a gente está dando um start. Sempre tive o sonho de empreender, mas não sabia nem nomes. Eu pensava como a gente faz para outras pessoas do território poderem empreender também. Mas a gente não precisa ensinar, a favela já sabe fazer”.

Celso Athayde fundador da Expo Favela falando sobre o evento na Cidade das Artes. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)
Celso Athayde, fundador da Expo Favela, falando sobre o evento na Cidade das Artes. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)

Athayde completou sua fala de reforçando a potência favelada. “Não somos carentes, somos potentes e precisamos nos reconhecer”.

A importância de potencializar os empreendedores da favela

O fundador do Voz das Comunidades, Rene Silva, destacou a importância de ter espaços que apoiam empreendedores da favela. “Muita gente produzindo não é vista porque não tem espaço na mídia”. Thais Bernardes, jornalista e diretora do Notícia Preta, participou da primeira edição da Expo Favela, que aconteceu em 2022, e do reality show transmitido na Globo. Ela disse que foi depois da sua participação que se identificou como empresária.

Rene falou sobre a importância de visibilidade para os empreendedores da favela. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)
Rene falou sobre a importância de visibilidade para os empreendedores da favela. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)

Tiago Melo, do projeto Impactando Kelson, considera que estar na Expo Favela é uma porta de entrada para os projetos sociais serem vistos por investidores. “Pessoas que tem poder aquisitivo maior verem que na comunidade tem pessoas que podem crescer no mercado de trabalho”.

Tiago Melo, Impactando Kelson (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)

Franklin Ferreira, presidente do projeto social Craques da Vida, contou que a através da arte, quer mudar a história da Vila Aliança. Ele completa dizendo que o fato da favela ocupar a Cidade das Artes na Expo Favela é mais um passo para a realização desse sonho. “As favelas são artes. Dentro das favelas tem grandes potências, do futebol, na arte, na cultura… Então a Expo Favela é uma forma da gente botar para fora as nossas ideias”.

Inscrições abertas para a Expo Favela

O coquetel de lançamento teve a mediação da rapper Nega Gizza, apresentação da Orquestra Jovem da Cufa Chaperó com falas das instituições parceiras como Sebrae, Bet Nacional e Central Única das Favelas (Cufa). O cantor Dudu Nobre encerrou o evento com uma apresentação.

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Empreendedores e empreendedoras que tiverem interesse em participar da Expo Favela podem se inscrever através do site https://rj.expofavela.com.br/. A exposição acontecerá entre os dias 29 e 31 de julho na Cidade das Artes. Em dezembro, a exposição nacional que reunirá os 10 maiores empreendedores de favelas vai acontecer em São Paulo.

Edição regional carioca será na Cidade das Artes. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)
Edição regional carioca será na Cidade das Artes. (Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]