Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Atletas da Geração UPP se destacam em campeonato internacional de jiu-jitsu

29 atletas de diferentes comunidades conquistaram lugares no pódio de disputa
Atletas participaram de campeonato internacional em Guarapari, no Espírito Santo (Imagem: Divulgação)

O ano começou muito bem para a Geração UPP, projeto social da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que leva ensinamentos de artes marciais para jovens do Rio de Janeiro. No último final de semana, com 29 atletas de diferentes comunidades, a equipe Geração UPP Jiu-Jitsu teve vitórias expressivas no AJP Teams Cup Shouth America. A competição foi realizada no Complexo Esportivo Maurice Santos, em Guarapari, no Espírito Santo.

Com atletas das comunidades do Borel, Mangueira, Jacaré, Barreira do Vasco, Rocinha, Manguinhos, Providência, Macacos, Batan e Cidade de Deus, os atletas conquistaram 21 medalhas ao total, sendo 9 de ouro, 10 de prata e 2 de bronze.

Para o Coronel Ranulfo Brandão Filho, Coordenador Geral das UPPs, os atletas voltam com um resultado muito satisfatório. O coronel evidenciou a equipe como uma imensa potência para as artes marciais fluminense, estando sempre preparada para disputar campeonatos. Ele reinterou que a Geração UPP teve 72% de aproveitamento e alcançou a 6ª colocação geral dentre 90 equipes nacionais e internacionais que participaram do campeonato.

“É uma competição internacional com um circuito de campeonatos nacionais bastante disputado por atletas de alto rendimento que buscam uma vaga para o mundial em Abu Dhabi nos Emirados Árabes Unidos”, destacou o Coronel Ranulfo, Coordenador Geral das UPPs.

Atletas da Geração UPP vitoriosos com suas medalhas
(Imagem: Divulgação)

A participação da equipe no campeonato foi viabilizada pelo Governo do Estado por meio do Secretário Estadual da Polícia Militar, Sr. Cel. Henrique Marinho Pires, e contou com o patrocínio da LBV que ofereceu alimentação e os quimonos dos nossos atletas, além do apoio do jornalista Rene Silva, fundador do Voz das Comunidades.

O projeto Geração UPP da Coordenadoria de Polícia Pacificadora, iniciado em 2009 através da parceria entre Secretaria de Estado da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Governo do Estado, LBV, Super Rádio Brasil, Unisuam, Prime Esportes e Boomboxe, está presente em 22 comunidades cariocas. Em todas elas, policiais graduados ensinam técnicas e filosofia das artes marciais aos moradores.

Reconhecimento

Renê Silva, fundador do Voz das Comunidades, elogiou a vitória e o trabalho da Geração UPP da Polícia Militar do Rio de Janeiro. O comunicador, que apoia o projeto, destaca sua atuação com as crianças e jovens das favelas do Rio de Janeiro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]