Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mototaxista morto na Vila Kennedy será enterrado nesta segunda-feira (27)

Eberson Luiz Santos foi atingido por tiros de PMs durante incursão policial
Foto: Reprodução

A Vila Kennedy atravessou um episódio difícil neste final de semana. O mototaxista Eberson Luiz Santos da Silva foi morto durante uma ocorrência policial na tarde do último sábado (25). Segundo informações, moradores realizaram um protesto devido a morte de Eberson e, no ato, Guilherme Carvalho, de 18 anos, foi baleado e morreu no local.

Segundo moradores, Eberson era mototaxista e foi atingido durante confronto. Conforme o advogado da família de Eberson, o mototaxista saía para trabalhar por volta das 19h quando foi atingido por tiros disparados pela polícia militar. Caído, ele teria gritado que era trabalhador e mostrado o crachá aos agentes. Mesmo assim, Eberson foi atingido na barriga. Conforme relatos, moradores tentaram socorrer o mototaxista, mas a polícia os afastou. Os moradores insistiram em socorrer o mototaxista e os policiais levaram para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo. Conforme informações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o mototaxista chegou sem vida ao hospital.

Solteiro e sem filhos, Eberson morava com a mãe, que trabalha como faxineira na UPA da Vila Kennedy. O enterro do mototaxista ocorre na tarde desta segunda-feira (27), às 15h45min.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]